Sono colossal

Sou um sujeito que dorme pouco, o que ainda é sequela dos meus dias e noites mergulhados em ilicitudes etílicas.

A madrugada de domingo para segunda é sempre de um sobressalto abominável. Acordo de hora em hora sob o terror de o celular ter tentado me despertar e eu não tê-lo ouvido.

Também é comum eu desconfiar das propriedades eletrônicas do celular, quando usado como despertador. Sempre penso que ele não vai tocar e me deixar na mão.

Também, reiteradamente, sonho que o celular está tocando e, quando dou por mim, não faz mais do que meia hora que tentei adormecer de vez. E com toda essa obsessão, adieu sono.

Em outros tempos, lá em casa, dormir se fazia dramático quando Paloma produzia suas faxinas em plena madrugada, com direito à sinfonia de um aspirador de pó. Felizmente, esse tempo não volta.

Mas hoje (21/09), quando me virei na cama, olhei o relógio do celular e eram só 5h. A seguir, fui fisgado pela luz forte que vinha debaixo da porta. Só faltou o gelo seco para a cena do padre Karras chegando à casa da menina dominada pelo demônio em O Exorcista ficasse completa.

Aquela luz parecia emitir sinais sonoros que me impediriam de cerrar os olhos novamente. “A velha maldição das segundas”, conformei-me.

Então pensei que, se apagasse a luz, poderia desfrutar de mais duas horas de sono. Levantei, abri a porta e, além da luz, torrões de cocô produzido pela mascote Tutu se destacavam como granadas prontas para explodir no corredor. Na cozinha, mais luzes acesas para ninguém.

Com uma sacola plástica, colhi os flocos gigantes da Tutu e, cambaleante, os levei ao lixo. Apaguei a luz da cozinha, a do corredor e bati a porta do meu quarto.

Então o pesadelo de me atrasar no trabalho me rondou e me toquei para o banheiro. Barbeado e banhado, vesti-me e me toquei para o jornal, de onde escrevo sob a cruel companhia do sono que me foi sugado pela luz.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s