Sobre o liberar geral

Há quem defenda – não só usuários, como políticos igualmente – que se aprove imediatamente mudanças na legislação sobretudo em relação à posse e ao tráfico de drogas.

Defende-se por aí, por exemplo, que o consumo da maconha não passe pelas sanções da lei. Donde a pergunta que me vem é esta: Sanções? Quando? Onde? Desde que me conheço por gente nunca vi ninguém ser preso por posse de maconha. Em tempo algum, quanto mais agora onde o sujeito anda na rua e se vê abalrroado pelo insuportável cheiro da erva maldita.

Os defensores de uma lei menos rígida ganharam um apoio de peso recentemente. É que o professor do Imperial College London e presidente do comitê assessor do governo sobre abuso de drogas, David Nutt, refere que o álcool e o tabaco causam maiores danos à saúde do que algumas drogas ilegais como a maconha, LSD e extasy.

Em seus estudos, o professor acusou os políticos de “distorcer” e “desvalorizar” os resultados dos estudos científicos no atual debate sobre drogas ilícitas.

Nutt criticou também que alguns boletins tenham publicado relatórios exagerados sobre os supostos danos de algumas dessas drogas.

Segundo o especialista, o álcool deve figurar como a quinta droga mais perigosa depois da heroína, cocaína, barbitúricos e a metadona, enquanto o tabaco aparece em nono lugar.

“A cannabis, LSD e extasy, mesmo sendo nocivas, estão mais abaixo na lista, em 11º, 14º e 18º, respectivamente”, defende Nutt em documento do Centro de Estudos sobre Crime e Justiça do King’s College.

Ou seja, o fato é que todas as drogas causam males, em maior e menor grau. Donde o raciocínio é atentar para a hipocrisia que permeia as drogas ilegais e, ao mesmo tempo, se farta de dinheiro com a indústria do álcool e do tabaco. Moral da história – é talvez nesse ponto que se apegam alguns políticos – ou libera geral ou proíbe-se tudo.

Tema complicado. Mas eu já tenho opinião formada: não troco meu chimarrão por qualquer dessas substâncias.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s