Camarote com vista para o inferno (Final)

De repente, a tarde foi-se embora e a noite caiu no centro. O barulho lá fora estava longe do esperado e eu estava achando que a esmola já era muita.

Bateu o sinal das 20h e chegaram aqui em casa, diretamente de Paris – te mete – os meus ilustríssimos amigos Márcio Barbosa, a noiva Luciana e o pequeno Arthur. O trio passou uma semana na Cidade Luz e, a ver das imagens que o meu amigo fez na filmadora, o título é mais do que merecido.

Quanto ao menino Arthur, ao avistar o Playstation e o volante a postos na minha sala, a primeira reação do guri foi querer jogar. No que, evidentemente, tratei de servi-lo.

No entanto, como eles teriam de ir para Porto Alegre via Guarulhos – com embarque previsto para as 7h – logo o Arthur foi convocado à cama pela mãe.

No post anterior eu dizia que a esmola era demais, não? Pois eram umas 2h30min da madrugada de domingo para segunda-feira quando caminhões da prefeitura resolveram lavar a rua. O serviço terminou duas horas depois e, quando eu ameaçava dormir, era hora de ciceronear meus amigos até o táxi que lhes esperava na porta do prédio.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s