A praga das vuvuzelas (1)

Tem gerado alguma polêmica a presença das vuvuzelas nos estádios das cidades-sede da Copa do Mundo da Africa do Sul. A própria Fifa, que organiza a competição, já divulgou oficialmente que, polêmicas á parte, não há hipótese de elas serem vedadas ou banidas dos estádios. O argumento mais forte, talvez, esteja no fato de ser um traço cultural dos povos africanos. Vai saber…

A questão central do meu escrito não é essa. Ocorre que noite dessas bateu o sinal das 3h30min da madrugada aqui na região central e ouvi ecoar, nas proximidades do meu prédio, uma maledeta vuvuzela.

Num primeiro momento eu, que nem estou acompanhando a Copa com o interesse de outros anos, achei se tratar de um pesadelo quando ouvi o som. Daí que esfreguei os olhos, conferi se a TV estava ligada, esperei para ver se tratava de uma estridente buzina de carro. E eis que, claramente, o som invadiu meu apartamento.

Se mesmo com a seleção de Dunga, jogando essa bolinha básica, o fanatismo já chegou a tanto, imagine o pipocar de vuvuzelas pelas janelas da área central da Pauliceia se a seleção brasileira trouxer o caneco.

Está na hora de tirar os protetores de ouvido da caixinha do banheiro.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s