Unisinos FM (5)

Estávamos às portas da Feira do Livro de Porto Alegre de 2001 e fui apresentado ao genial Alessandro Varela, que seria meu repórter naquela cobertura inaugural.

Programação extensa, alguns grandes escritores, obras essenciais, sessões de autógrafos e a nossa primeira missão era delegar quem e que eventos seriam nossa prioridade.

O clima começou tenso, mas os palavrões e o meu fingido mau humor aliado à sem igual inteligência do meu irmão Varela antecipava que aquele trabalho seria um sucesso.

E, passada a tentativa do programador Flávio Bernardi de derrubar as iniciativas dos estudantes em prol da música programada – e mal – por ele, nos saímos bem.

E, na Feira, ao fazer contato com o locutor e grande irmão Gabriel Izidoro, soube da existência de um projeto intitulado Programa do Terrível Homem Mau.

A primeira edição fora transmitida em meio àquela Feira do Livro e, diante do fato de que eu imitava algumas personalidades locais e de que já estava adaptado à produção radiofônica, logo fui chamado à me unie à equipe que tinha ainda Douglas Lunardi, Neemias Freitas e Euclides Bitelo. Foi, talvez – quem sabe – o primeiro e único programa de humor da emissora.

No próximo post lembrarei essa fase.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s