Trancos e barrancos (1)

Ontem (terça-feira, 29/3), depois de finalmente chegar em casa passada uma longa viagem de ônibus, programei meu celular para despertar-me no dia seguinte. Aliviado, constatei que eu teria pela frente 14h de descanso.

No entanto, na manhã desta quarta (30/3), um soldador começou a fazer o seu trabalho na garagem em construção, logo a frente do meu prédio, precisamente às 8h.

Resisti à tortura até às 9h, quando ergui-me da cama disposto a descarregar no profissional todo um arsenal de palavrões.

No banho, ponderei que o sujeito estava trabalhando e tals e, aos trancos e barrancos, saí de casa.

Mas o dia estava só começando…

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s