Iceberg em casa

Esse texto não é sobre o Titanic. Tampouco se refere ao inverno, que vai se chegando muy lentamente na Pauliceia.

Ocorre que na última sexta-feira (1º/4), reuni uma turma em casa para tomar uma breja e, em dado momento, até meus visitantes observaram que a porta da geladeira – que pertence à dona do imóvel – não fechava.

Ninguém fez alaúza nem falou baixinho que fosse a respeito. Mas o olhar dos presentes dizia algo como…

– Esse tigre bem que podia dar uma aliviada na geladeira.

Nas minhas observações de dias atrás, no entanto, eu já diagnosticara o problema: eu jamais em toda a minha vida promovera o saudável ato de degelar o refrigerador.

E eis que no dia seguinte comecei a epopéia. O resultado está na imagem acima, um bloco de gelo de três centímetros de espessura que se desprendeu da gaveta logo abaixo do congelador depois de um dia inteiro de espera.

Agora Dona Yolanda – nome com o qual batizei a geladeira – terá mais uns meses de trabalho árduo com minha cerveja. Espero que eu lembre de degelá-la num período de tempo menor.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s