Walter Casagrande Júnior

Ele sonhava ser Jim Morrison. Virou boleiro.

Consagrado no Corinthians e no futebol da Itália viu a carreira ir embora em 1994 com o joelho em frangalhos.

Aposentado, viu consolo nas drogas e quase perdeu a vida.

Casão pode não ser lembrado como atleta ou como um grande jogador. Pode, hoje, Casagrande não ser um extraordinário comentarista de futebol.

Mas, pela força de vontade, pela batalha diária para ficar longe das drogas e ao lado da família, Walter Casagrande Júnior merece o meu mais profundo respeito.

Assistam o vídeo e reflitam. Se puderem.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s