Tenebroso inverno

Tenho defendido já há algum tempo que o senhor Mano Menezes não tem credenciais para ficar a frente da seleção brasileira de futebol.

Defendo a tese pelo óbvio: o treinador teve a mais absoluta tranquilidade para renovar o elenco, mas desde a largada insistiu num grave erro: Robinho.

O que Robinho fez pelo futebol? Ao que me lembro, descadeirou o lateral Rogério numa final de Brasileiro e, desde aquele tempo, nada mais que não muito marketing e pedaladas infrutíferas.

Ademais, taticamente, o ofensivismo desenfreado e desorganizado não encanta. Pelo contrário, assusta.

A medíocre performance nas penalidades contra o Paraguai na Copa América é um sinal de que o grupo está pouco se lixando com a amarelinha.

É preciso renovar: desde a CBF até o roupeiro. Do contrário, assistiremos a um novo fiasco em 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s