Superman

O primeiro filme que assisti na vida no cinema foi Superman. Não tinha seguramente mais de sete ou oito anos. Foi no Cinema Miramar, na avenida Aparício Borges, no bairro Partenon, em Porto Alegre.

Lembro de ter sido acompanhado pelo meu irmão Jefferson que, aliás, já naquele tempo, reproduzia perfeitamente uma mini sala de cinema dentro de uma caixa de sapatos com direito a cortina e tudo.

Mas não quero falar do filme e sim de heróis. Na época do filme a Pepsi Cola investiu numa ferrenha campanha de marketing, com direito a grandes cartazes com a foto do ator Chistopher Reeve, que viveu o homem de aço nas telas.

Eu estudava perto do Miramar, na escola que levava o mesmo nome da avenida. E finalmente chego aonde queria.

Meu avô me trazia pela mão nas margens da via quando passa um caminhão da Pepsi e dele caem alguns cartazes. Logo vi que eram referentes ao filme e talvez eu tivesse comentado isso com meu avô.

E ele, que não muitos anos antes já fora atropelado – eu só fui saber do acidente muitos anos depois – de repente me orientou a ficar parado num local estratégico. E, percebendo o movimento ainda tranquilo da via, foi até lá e apanhou os cartazes.

Eram exatamente três. Um para cada neto. Chegando em casa colei o meu cartaz numa parede de casa. Desde aquele instante o que menos me importava era o cartaz e sim o ato de superação do meu avô – este sim o verdadeiro herói – cujo sacrifício e superação eu só pude entender muito tempo depois.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s