Diálogo curioso

Outro dia eu estava com uma missão e tanto nas mãos: encarar a fila das lotéricas tentando abastecer meu Bilhete Único, cartão que permite viajar de ônibus pela cidade mediante algum saldo.

Pois a fila foi estranhamente imensa ao longo do dia e optei pelo final da tarde para cumprir a tarefa. Chegando à lotérica, a fila era imensa ainda e descobri que o sistema estava com problemas.

De repente, vi ali uma negra de corpo escultural. Em minutos ela chegou à boca do caixa e percebi que não era bem isso.

– Eu quero abastecer meu cartão da Vivo, moça.

A voz era de um feminino forçado e, apurando mais o olhar, vi tratar-se então de um travesti. Até aí nada demais.

Então ele/ela deixou a fila e esperou ali mesmo que o crédito fosse inserido em seu celular. Como o torpedo anunciando o crédito demorasse, o sujeito engrossou a voz num repente.

– Cadê o meu crédito, porra?

A menina do caixa, vendo que o cliente se transformava, soltou algo como.

– O senhor se acalme porque o sistema está lento…

Ofendidíssimo, o travesti devolveu:

– Senhor é aquele que que te come em casa. É senhora!!!! – exclamou num timbre grave que arrancou risos da fila.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s