Crônica de um monstro

Triste saber que o dono desse cão não sofreu lesões semelhantes

Essa história eu resgatei e dou o devido crédito do blog Conversa de Bicho, hospedado no portal do jornal O Estado de S.Paulo. Ocorre que numa bela tarde, em Piracicaba, a 170 quilômetros de São Paulo, o dono desse Rotweiller, de 7 anos, resolveu jogar o bicho na caçamba de sua pick up para um passeio até que “acidentalmente” o animal caiu do carro e foi arrastado por vários minutos.

Se considerada apenas a infração de trânsito, a falta já é grave haja vista a negligência no transporte do animal. Terrível, no entanto, é supor, a partir do relato de testemunhas, que o motorista em questão berrava que só ia parar o carro quando o animal finalmente estivesse morto.

Por um desses milagres inexplicáveis, o cachorro sobreviveu, está recebendo cuidados e, Oxalá, seja entregue a outro dono menos desgraçado e monstruoso.

Quanto ao seu dono – a essa altura ex-dono – o meu sonho era impingir-lhe sofrimento igual com a mãe dele assistindo de camarote o espetáculo. Uma lástima que absolutamente nada aconteça a esse monstro pois que, chamá-lo de animal ofende sobremaneira os animais.

A foto é de um perfil não identificado do Facebook, que testemunhou os maus tratos do motorista ao bicho.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s