Domingo de salsa

Sou fanático por Fórmula 1, mas neste domingo (13/5) que se foi baixou um espírito de limpeza no meu ser e, enquanto desenrolava-se o Grande Prêmio da Espanha, em Barcelona, eu faxinava o apartamento onde moro.

De repente, percebi que a Williams, com um ritmo incrivelmente regular, tocada pelo venezuelano Pastor Maldonado ganhara a liderança num dos pit stops e disse comigo:

– Já sei pra quem torcer.

Vibrei quando o piloto cruzou a linha de chegada com aplausos. No entanto, no rádio recuperado pela transmissão, ao invés da natural vibração sul-americana evocada pelos cronistas da Globo, o que se ouviu foi um sujeito calmo, concentrado. Donde eu disse comigo:

– Tem futuro.

Vejamos se Maldonado continua surpreendendo no mundial.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s