Dia D para o Flu

Esta noite o Fluminense decide a vida na Libertadores 2012.

O roteiro é este: vencer por dois gols de diferença. Um a zero leva à prorrogação e pênaltis, em persistindo o resultado.

Tudo seria fácil não fossem alguns aspectos: primeiro a falta de treinador na casamata tricolor. Abel Braga nada mais é que um mobilizador a beira de cometer desatinos táticos que dão calafrios.

Sem falar que, do outro lado, está um Boca Juniors, que além da tradição, vai a campo com o experiente Riquelme, que vem arrebentando a cada jogo.

Que os deuses do futebol, se existirem, ajudem o Tricolor das Laranjeiras.

PS: o Flu conseguiu a proeza de ser eliminado nos descontos pelo Boca. Se nem assim a diretoria se convencer que Abel Braga não é técnico de futebol, eu admito largar o clube para os leões.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s