Trilhas Matadoras (27)

Um dia lancei um manifesto aqui nesse blog a propósito de cantoras de fato ou, de mulheres que exercem sua feminilidade. Elenquei um lote delas, até.

Mas não sou um sujeito que se possa comparar a um Silas Malafaia, por exemplo. Acho até que , se este sujeito é o deus de muita gente, quero ser o diabo. Valendo.

Mas não vou tergiversar. Cássia Eller pode ter feito em vida muita coisa errada, mas desconhecer seu talento, sua feminilidade ou a ausência dela – a ausência eu atribuo à mais legítima atitude roqueira – seria estupidez.

E aqui vai ela em Relicário, ladeado pelo Nando Reis.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s