Guerra de meninos

Na quarta-feira que se foi um torcedor corinthiano, menor de idade ao que tudo indica, lançou um sinalizador que atingiu e matou o jovem boliviano Kevin, que assistia ao confronto San José e Corinthians, pela Libertadores da América, escondido dos pais.

A Gaviões da Fiel anuncia que vai apresentar o autor do disparo fatal. Alega que ele não se revelou antes porque a organizada se sentia responsável pelo autor do disparo.

Pergunta: se a Gaviões da Fiel esconde o autor, por que a sua direção não é responsabilizada no esteio da imprudência em terras bolivianas? É essencial que a Gaviões, por seus dirigentes, seja co-responsabilizada pelos incidentes, já que o clube não tem controle absoluto sobre seus torcedores.

Ainda acho que ficou barato para o Corinthians tendo em vista que a instituição financia a Gaviões e outras organizadas. Esse costume péssimo deve ser banido do futebol brasileiro, sob pena de termos mais vítimas fatais.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s