Meu primeiro Senna

No final de semana que se foi, eu e o amigão Danilo Schneider, fizemos uma tour por lojas de miniaturas, nossas paixões.

Eis que, saindo de uma loja nababesca da Rua Augusta, como eu me queixasse que não tinha nenhum item da Fórmula 1 em miniatura e meu plano audacioso de ter todas as réplicas de carros dirigidos por Ayrton Senna na categoria, Danilo perguntou se eu não estaria interessado numa estátua do Senna que ele adquirira.

Então ele me sapecou o preço, que achei razoável e eu disse:

– Compro.

Dei o sinal e fomos à casa dele, que revelou-me que sua digníssima ficaria agradecida a mim. Mais tarde, isso aconteceu de fato. Argumento dela: a estátua do Senna, de uns 18 centímetros, não combinava com a decoração da casa, que mantinha algumas peças relacionadas a heróis da mitologia grega.

Não adiantou nem eu nem Danilo argumentarmos que Senna era um herói brasileiro ou coisa que o valha. E agora a estátua repousa cintilante no meu rack. E só posso agradecer ao Danilão e à Vanessa por isso.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s