Cléo Pires

Um dia, em visita a uma colega, ela sintonizou na Globo e pela primeira vez me deparei com a novela Salve Jorge. Cumpre dizer que não assisti a nenhum capítulo de sua antecessora, o fenômeno Avenida Brasil.

Mas voltemos ao encontro e direcionemos ao título. Os diálogos se mostraram uma bela porcaria e o que salvou o capítulo foi que, ao seu final, a exuberante Cléo Pires protagonizou uma sessão de dança do ventre que, vista por norte-coreanos e iranianos, não tenho dúvida, selaria quiçá a paz mundial.

Se a autora do folhetim, diariamente, brindasse o espectador com Cléo Pires dançando e sorrindo, até eu me renderia à novela. No mute, claro.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s