Campanha do agasalho

De repente, eis que ouve-se da filha do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que a jovem doou para a campanha do agasalho paulista uma bolsa da Prada.

E eu me pergunto: primeiro se a doação foi real. Segundo, se a doação chegou ao seu destino e não caiu na mão de atravessadores ou caçadores de pequenas recompensas.

Ou, pior possibilidade, e rebobinando um pouco a fita: até que ponto uma bolsa de marca é capaz de agasalhar alguém?

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s