Flanelinha, por Gabriel Prado

O meu colega de pautas Gabriel Prado costuma ser apenas genial. Uma mostra é essa reflexão sobre flanelinhas que ele fez no Facebook e que ouso reproduzir aqui. Aproveitem.

País em desenvolvimento é aquele que tem flanelinha no estacionamento do McDonald’s.

Loja na esquina da Faria Lima com a Juscelino.

E experimenta dar menos de 2 conto pro tiozinho pra ver a cara linda que ele te faz.

(Conta rápida: se o cabra olhar 70 carros por dia a “doi real”, são 2 pau e 800 por mês, sem contar sabadão e domingão do Faustão. O nego fica lá, bracinho cruzado, bundinha no capô do carro, esperando o tempo passar, ouvindo de vez em quando um “leléke, léke, léke” no celular. E você, lekão, que tá lendo este post, sai do Face e vai estudar, vai…)

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s