Você é homem

Na noite passada (9/9) eu assistia televisão quando mais uma briga ganhou vulto na rua, quatro andares abaixo.

Quando fui à janela, vi que num carro estacionado havia um furdunço daqueles. Olhando mais atentamente, vi que dois travestis tentavam entrar no carro, um deles puxando a bolsa de uma moça. Deveria ser 21h e alguma coisa àquela altura.

O bate boca, a puxação de bolsa, a gritaria, deve ter durado uns 15 minutos. E eu não fiquei esse tempo todo na janela porque simplesmente já não tenho paciência para essas coisas.

A seguir, disse com meus botões, exultante:

– À TV, cara pálida.

Não demorou muito e a gritaria começou novamente. Dessa vez, da sacada do prédio em frente, um cara ameaçava as travecas sugerindo que o sujeito não iria aparecer para trabalhar no dia seguinte.

Outro sujeito, este claramente homossexual e dono do apartamento de onde as vítimas berravam, chamava as travecas de forma, ao menos para este cronista, incomum.

– Você é homem, você é homem!!!

E foi um alvoroço aquele xingamento, porque as travesputas reagiram gritando ainda mais, com aquele voz típica de Vera Verão morrendo afogada por hormônios e silicone veterinário.

Durou mais meia hora a zona, sem que polícia alguma desse conta da bagunça.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s