Fantárdigo

Nunca mais tive coragem para assistir o Fantástico. Talvez eu tenha assistido flashes trocando de canal e só. Um dos últimos que assisti inteiro foi o dedicado a Ayrton Senna em 1º de maio de 1994, data da morte do piloto.

É verdade que, talvez, eu tenha assistido aos seguintes, já que ainda se tinha o Sai de Baixo e as pernas de Marisa Orth a seguir. Mas fato é que fui abandonando paulatinamente a atração até deixá-la de vez.

Numa crise de audiência que tem se prolongado nos últimos tempos, a Globo resolveu ousar e levantar a poeira do programa. Tirou o dançarino do ventre Zeca Camargo e a Renata Ceribelli e se embelezou com o talento da Renata Vasconcellos. Ceribelli será repórter do dominical em New York e Camargo despencou para o pior dos mundos: o Videoshow.

Somando tudo, digo que estou tentado a ver a Renata Vasconcellos no dominical. E esperançoso de que o Fantástico volte a seus melhores dias sob a batuta da musa.

Anderson Passos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s